BULLYING: MENTES PERIGOSAS NAS ESCOLAS – ANA BEATRIZ BARBOSA DA SILVA

“Se pararmos para pensar, todos nós já fomos vítimas de um bully em algum momento de nossa vida”.


Bullying: Mentes Perigosas nas Escolas

•SINOPSE•

Todos os dias a vida de milhares de crianças e jovens brasileiros é afetada por um fenômeno cada vez mais comum: o bullying.

De origem inglesa, a palavra bullying corresponde a um conjunto de atitudes de violência física e/ou psicológica que ocorrem nas instituições de ensino. É um tipo de agressão intencional, que ridiculariza, humilha e intimida suas vítimas. E as consequências podem ser desastrosas: desde repetência e evasão escolar até o isolamento, depressão e, em casos extremos, suicídio e homicídio.

Em “Bullying – Mentes perigosas nas escolas”, a dra. Ana Beatriz faz uma análise profunda sobre um dos tipos de violência cada vez mais noticiado, que precisa com urgência ser combatido e de forma acessível e muito esclarecedora o livro traz informações necessárias aos pais, professores, alunos e profissionais de diversas áreas para a identificação do problema e seus efeitos, assim como o que se pode fazer para combater este mal que não deve ser mais tolerado pela sociedade.


Até alguns anos atrás, o que hoje chamamos de bullying era visto, como algo “normal” ou no mínimo um hábito discutível entre jovens e adolescentes, onde as ofensas “bobas” e as implicâncias eram consideradas brincadeiras corriqueiras, como colocar apelidos pejorativos ou fazer uma gozação com algo acontecido. É importante salientar esse ponto porque na visão de muitos, o bullying, é algo que sempre existiu, não surgiu ontem, nem será eliminado amanhã.

“O abuso de poder, a intimidação e a prepotência são algumas das estratégias adotadas pelos praticantes de bullying (os bullies) para impor sua autoridade e manter suas vítimas sob total domínio”.

A questão do bullying na escola é um problema crônico. A escola é um dos principais palcos de todos esses comportamentos agressivos em que as principais vítimas e agressores são crianças e jovens, transformando a vida escolar de muitos alunos em um verdadeiro terror.

Já na questão familiar, entende-se que a família deve oferecer a primeira educação à criança, transmitindo não somente afeto e carinho, mas também valores sociais, normas e modelos de conduta para viver em sociedade.

Quanto na esfera social, o bullying se torna um problema à partir do momento que ele não se restringe a apenas alguns indivíduos, ou a um simples fenômeno isolado. O bullying é reflexo de uma sociedade que de certa forma incentiva a violência, tolera a indiferença, racionaliza construções de desrespeito e ódio, valida as diferenças de classe, constrói estigmas e não pune os agressores.

“Dedico este livro a todos que são ou foram vítimas de bullying, e também àqueles que não resistiram e ficaram no meio do caminho. A todos vocês, o meu mais profundo respeito, com a certeza de que não estão sozinhos nessa luta”.

Comecei a ler esse livro por causa do meu projeto de pesquisa do curso de psicologia e ele me chamou atenção para um problema que não dava muita importância no meu dia a dia.

O livro faz uma contribuição importante e relevante ao afirmar que o bullying é “um problema de saúde pública e, deve entrar na pauta de todos os profissionais que atuam na área médica, psicológica e assistencial de forma mais abrangente”; aborda o conceito de bullying, termo esse cunhado pelo psicólogo norueguês Dan Olweus, em que ele descreve o bullying como “comportamento agressivo que apresente natureza repetitiva contra a mesma vitima pelo menos duas ou mais vezes ao longo do ano e ocorra em um contexto de desequilíbrio de poder”, o que nos ajuda a entender seu contexto, uma vez que temos a tendencia de acreditar que qualquer tipo de “brincadeira” seja considerado bullying.

A autora também ajuda a identificar os personagens do bullying: seus autores, suas vítimas, e seus espectadores, traçando a correlação de cada um com suas vivencias intrafamiliar e social. Apresenta de forma anônima, casos atendidos em seu consultório; divulga historias ocorridas em várias partes do mundo, e cita famosos que passaram pela humilhação do bullying e se tornaram vencedores na vida, o livro discute como o fenômeno ocorria antigamente, acrescentando discussões de como ocorre na época tecnológica atual com novos contornos, como no caso do cyberbullying, por fim, a autora lança propostas de combate ao bullying, como por exemplo, programas de intervenções antibullying.

“Não tenho dúvidas de que o bullying não pode mais ser tratado como um fenômeno exclusivo da área educacional”.

Bullying mentes perigosas nas escolas tem uma abordagem muito clara e didática sobre o que é bullying, tem uma escrita de fácil entendimento e é muito prazeroso de se ler apesar de conter algumas histórias um tanto pesada de fatos reais. O final do livro chega a ser um pouco cansativo com tanta informação, mas nada que atrapalhe.

Aaa, no final do livro, a autora ainda deixa algumas recomendações de sites, livros e filmes sobre o assunto.


Livro: Bullying – Mentes Perigosas nas Escolas

Autor: Ana Beatriz Barbosa Silva

Editora: Fontanar

Páginas: 188

Nota: 4/5


Leave a Reply