PANTERA NEGRA – Wakanda para sempre

Se eu pudesse resumir pantera negra em uma frase seria:

Filmão da porra

Pantera negra é um filmaço, em todos os sentidos, tanto de personagens quanto em história, quanto em cenas de ação, em questão de minutos o filme narra toda a historia por trás de Wakanda, e como se deu a origem do Vibranium, e sua tecnologia, o nascimentos dos Panteras negras, as tribos, as leis…

O filme se inicia após a morte do rei de Wakanda, T´Chaka, que acontece no filme do Capitão América: Guerra Civil, quando o personagem do Pantera negra nos é apresentado e conta a história de sua sucessão e o sofrimento do futuro rei T´Challa em querer ser um rei melhor para o seu povo (podemos sentir toda a carga emocional do personagem)

É um filme que entra para história do cinema, um filme essencial, não só pelo fato de ser composto por um elenco majoritariamente de negros, mas por todo um contexto histórico de um povo sofrido e lutador.

Também é plausível o destaque que o filme dá às mulheres, mulheres fortes, guerreiras, decididas, que não são somente coadjuvantes, mas também protagonistas como a nerd Shuri, a guerreira Nakia, ou a chefe da guarda Okoye e a guarda real do Rei, composta inteiramente por mulheres.

As melhores cenas do filme, são os desafios, em que o rei e consequentemente o Pantera negra é desafiado, e caso o desafio seja aceito, os poderes de Pantera é retirado para lutar como um igual, e o vencedor se torna o novo rei e pantera, as cenas são arrepiantes e é muito foda ver a rica cultura africana sendo mostrada, com seus batuques e rituais e danças, o que faz com que a cena toda seja inesquecível.

E o que dizer desses vilões, que apesar de serem maus, amamos tanto?

Primeiro, o malucão divertido Ulisses Klaus, que não ta nem aí pra ninguém, e age como quer, o tipo que amamos odiar.

Segundo, o centrado e frio Killmonger, procurando vingança familiar, com um discurso bem fundamentado, correto e plausível, ex militar, famoso por ter matado centenas de pessoas, chega em Wakanda para lutar no desafio e quer matar todas as pessoas que oprimiram seu povo durante anos, (motivos certos, jeito errado).

A guerra civil em Wakanda, é memorável, um pouco batida, com exércitos chegando no ultimo minuto para salvar o dia (bem clichê), as guerreiras quebrando tudo, T´Challa e Killmonger lutando novamente, agora como panteras, e um final poético e bonito, se eu pudesse colocar um defeito no filme (sem spoiler), seria a cena em que W´Kabi, mal toca o chifre, sério, não passa um segundo e chega um cambada de rinocerontes…

É também um filme politico, e aquela cena maravilhosa dos pós créditos nos mostra isso muito bem. posso dizer que é a mais foda de todas as cenas já feita pela Marvel?  Digno de aplausos, o discurso de T´Challa na ONU, é um tapa na cara, ou melhor um soco no meio do queixo do governo Trump, e de qualquer governo que acha que são melhores que outros.

“Em tempos de crise, os sábios constroem pontes, enquanto os tolos constroem muros”

Ação, personagens profundos, comédia na medida certa, vilões interessantes e com propósitos, mulheres fortes, por tudo isso e mais um pouco, um dos melhores filmes já feito…

Wakanda pra sempre!


Título: Pantera Negra

Direção: Ryan Coogler

Genêro: Ação, Aventura, Ficção científica, Fantasia

Ano: 2017


 

1 Comment

  1. Anderson Duarte

    16/04/2018 at 21:09

    Filme sensacional que quebra bastantes tabus mesmo sendo bem comercial hollywoodiano. Tem uma história envolvente, digna desse grande herói e com cenários, armas e vestuário encantadores

Leave a Reply