VAGABOND (VOLUMES 22 E 23) – TAKEHIKO INOUE

“Não ver o detalhe para enxergar o todo. Esse é o verdadeiro sentido de ver”


•Volume 22•

Finalmente Musashi se viu cara a cara com o lendário Sekishusai, mas após esse encontro, no mínimo diferente, e mesmo tendo seu inimigo indefeso à frente, Takezo não conseguiu fazer nada e fugiu apavorado, diante da infinita grandeza de mestre Yagyu.

“Derrota… Fiquei apavorado… com um simples gesto de ataque daquele velho… não entendi direito as palavras do velho. Nem consegui aprender com sua grandeza. Só fiquei morrendo de medo!!!”

Logo após, o monge Takuan visita mestre Yagyu que conta a ele que teve um encontro com um jovem singular e que o espírito deste o fez lembrar de sua juventude, Takuan surpreso, acaba sabendo que era Musashi.

Musashi que havia se despedido silenciosamente de Otsu na escuridão, parte sozinho em sua jornada de aprimoramento da espada. Otsu, que havia deixado a casa Yagyu encontra Joutaro e os dois partem atrás do ronin, Joutaro logo arruma problemas com um bando de samurais, que haviam sido derrotados por Musashi e só escapam da confusão por que eles se assustam ao ver o emblema dos Sekishusai na faca de Otsu, essa faca havia sido dada a ela por mestre Yagyu, ela então os faz mostrar os possíveis lugares para os quais Takezo possa ter ido.

Enquanto isso, Matahachi ao ser confrontado por tio Gon, sobre como sua fama como “Sasaki Kojiro” possa ser tão grande se nunca o vê treinar que assustado com suas perguntas foge novamente e, para variar, se mete em mais uma enrascada ao encontrar um samurai peregrino que o desmascara como falso Kojiro.

“… mas eu, de forma alguma consigo ligar a fama de ‘Sasaki Kojiro’ a este meu sobrinho. Entre os samurais peregrinos corre a fama que ‘no mundo da espada, não há ninguém que possa superá-lo'”

Enquanto isso, Musashi busca um novo desafio, um duelo contra o detentor do Kusarigama, Shishido Baiken.


•Volume 23•

“Quer uma demonstração do estilo da academia? Podemos mostrá-lo a você, mas… saiba que no exato momento, você estará entrando no mundo dos mortos”

Musashi continua sua jornada de aprimoramento enfrentando samurais utilizando somente a bainha da espada e vencendo todos eles, enquanto caminha a esmo ele tem seu pé trespassado por um prego, o que o faz perceber o quanto está despreparado e o quanto ainda tem muito que evoluir, pois sabe que nem Takuan, mestre In´Nei, ou Sekishusai teriam cometido esse erro.

Então ao ver uma montanha começa a escalar, refletindo sobre seu desejo de ser invencível, durante a subida, decide que só pensará nisso depois que se tornar invencível, e que no momento só deseja chegar ao topo da montanha para ver a paisagem por cima. Chegando ao topo e vendo as outras montanhas, ele entende sua pequenez e que sempre há uma montanha maior que a outra e então, por hora, tudo bem ele estar onde está, mas também acaba por se perguntar qual montanha seria a de Denshichiro, a de Seijuro e a de Shishido Baiken…

Tio Gon ao procurar por Matahachi, o vê com problemas, então corre para ajudá-lo, Matahachi não vê tio Gon, e covardemente foge de seu adversário, Tio Gon então enfrenta Dongyu que acompanhava Kai Shojiro, ele fere seu adversário, porém é morto em um contra-ataque.

Tristemente a covardia de Matahachi vitimou se tio Gon, que morreu em uma triste luta.

“Matahachi… viva… não deve morrer. Mesmo sendo o que é, para obaba você é o precioso filho único… você é… para minha irmã… a única… razão de viver”

Kai Shojiro ao ir atrás de Matahachi, encontra uma menina com um Kusarigama na cintura e vai atrás dela imaginando que pudesse ser filha de Baiken, esperando encontrá-lo, seu desejo é atendido, mas é rapidamente morto por ele, Matahachi que havia seguido Shojiro, é descoberto, mas ao invés de lutar Baiken o faz enterrar os mortos que encontrou no caminho, Matahachi aliviado logo o obedece, é quando ele reconhece o corpo sem vida de tio Gon e entra em desespero…


Título: Vagabond

Autor: Takehiko Inoue

Editora: Conrad, Panini (atualmente) 

Volumes: 22 e 23


Leave a Reply