VAGABOND (VOLUMES 10 E 11) – TAKEHIKO INOUE

“… vim agradecer ao senhor por ter cuidado de mim, mesmo por um breve período. Mestre… ou melhor, senhor Miyamoto. Eu não estou a fim de aprender… a fugir.”


•Volume 10•

A luta entre Musashi e Inshun chegou ao seu momento decisivo, depois de tomar a iniciativa e não conseguir nada com isso, Musashi é acuado pelo mestre sucessor do Templo Hozoin levando uma surra e sofrendo vários ferimentos.

“O Demônio chamado “medo” é que acaba encurralando o homem para a derrota.”

No entanto, graças à sua incrível força de vontade e resistência, ele também conseguiu inflingir alguns ferimentos ao seu adversário.

Será que Musashi conseguirá superar seu medo e insegurança para vencer Inshun que é um adversário muito mais forte, ou Inshun ensinará a Musashi uma lição que ele jamais esquecerá?


•Volume 11•

Pela primeira vez desde que começou no caminho da espada, Musashi tomado pelo medo, fugiu de um duelo. Mas ele perdeu a luta? Segundo o próprio, não.

“…era apenas presunção minha? ser forte… “o invencível” era uma ilusão. Nem sequer estava preparado para morrer.” 

Quando acordou, após não lembrar do acontecido em sua luta por causa de seus vários ferimentos, Joutaro chega e se despede de Musashi agradecendo pelo cuidado, mas que não queria ser discípulo de um covarde, só então se lembrou o que realmente havia acontecido, descobriu também que o velho que cuidou dele e o acolheu era o grande mestre Hozoin In Ei. Questionado pelo mestre sobre sua derrota, o nosso amigo cara de pau, disse que o confronto foi apenas interrompido após a sua “retirada estratégica” e será retomado mais pra frente.

Depois de se recuperar, Musashi pediu ao velho que o treinasse. Hozoin In Ei aceita e logo Musashi sente na pele, o quão duro são os novos ensinamentos.


Título: Vagabond

Autor: Takehiko Inoue

Editora: Conrad, Panini (atualmente) 

Volumes:  10 e 11


 

Leave a Reply